O processo de produção de um vídeo passa por muitos processos, desde a criação do roteiro até o produto final, envolve-se diversos profissionais. O áudio é um deles, toda a parte de gravação e desenvolvimento, são necessárias técnicas de pós-produção, e é sobre eles que vamos falar hoje, mais especificamente sobre mixagem e masterização.

A mixagem é um dos primeiros passos após finalização dos processos de criação e gravação, pois é nessa que ocorre o balanço final entre tudo o que foi gravado no estúdio e em canais separados. Serão estabelecidos os níveis de volume para cada voz e timbre de cada um dos instrumentos participantes.

O objetivo principal é conseguir um equilíbrio entre o volume, o timbre de todas as partes individuais e instrumentais para tornar algo sincronizado e fluido, estando tudo devidamente interligado obtendo equilíbrio na versão final, tornado possível a audição mais clara possível.

Já o processo de masterização é o processo final de pós-produção do áudio, se caracterizando por passar um “pente fino” nos arquivos que foram juntados, buscando encontrar erros sonoros e corrigi-los. Isso porque após a mixagem algumas falhas se tornam mais aparentes, podendo ser eliminadas ou minimizadas pela masterização.

Dentre as buscas, usam-se alguns processos para melhores resultados, assim como:

Normalização – Nivelando as músicas, fazendo com que todas elas mantenham os mesmos níveis de volume.

Ruído – Quando ruídos são percebidos durante a masterização, eles são eliminados. Assim, quando ruídos do sistema podem ser percebidos, mas não eliminados, podemos usar a equalização como sistema de redução de ruídos inteligente.

Sibilância – Os sibilos são sons contínuos, de característica musical e com tom agudo. São os Ss das palavras. Na masterização, a densidade desses sons pode ser controlada por meio do ajuste de frequências feito por compressores. Assim, poderão ser usados para estreitar a diferença entre os sinais mais altos e os mais baixos no material gravado.

Equalização – É a redução de distorção por meio da introdução de redes capazes de compensar a distorção própria de determinada faixa de frequência.

Conseguir o máximo de qualidade do áudio é o que importa nesses processos, os dois juntos quando bem executados valorizam ainda mais o produto final que será entregue ao cliente. E nós temos isso tudo dentro da nossa agência, então entre em contato com contato@agenciasize.com.br e saiba mais.